Cookies on the Michelin Site

For an optimale navigation, MICHELIN website use navigation cookies. Click on the   link for more informations Validate

Sua atividade
recente
!

Bem-vindo à sua caixa de ferramentas de históricos

Salvamos informações importantes a partir de suas buscas anteriores para facilitar sua vida.

???private_mode_title???

???private_mode_text???

Últimos pneus viram

Últimos concessionários viram

últimas investigações

 

Rachaduras na borracha causadas pelo frio

Em pneus de competição e hiperesportivos, as temperaturas muito elevadas encontradas (relacionadas aos altíssimos níveis de aderência) exigem uma mistura específica de componentes de pneu para suportar o calor.

Uma consequência disso é que pneus de componentes macios têm um limite de ruptura por volta de 0°C. Manejá-los nessa temperatura ou abaixo dela pode partir o piso ou outra área de borracha do pneu. 

É preciso ter cuidado ao armazenar os pneus em condições apropriadas, evitando tais temperaturas. Caso atinjam tais temperaturas, os pneus não devem ser manuseados de forma alguma.

Nossas recomendações
  • Nunca manuseie um pneu em temperaturas abaixo de 5°C a fim de evitar danos ou deformações
  • Certifique-se de que o pneu foi armazenado em temperaturas acima de 10°C por, no mínimo, 24 horas antes de ajustá-lo e desajustá-lo
  • Se você perceber rachaduras na borracha, o pneu não deve ser utilizado

 

Alcançar a temperatura correta

O pneu precisa de tempo para alcançar o nível de performance ideal, suficiente para a temperatura interna subir de 50°C para mais de 80°C.

Todas as vezes que sair com sua moto, pilote os primeiros quilômetros em velocidade moderada para que o pneu alcance a temperatura ideal para a melhor aderência.