Cookies on the Michelin Site

For an optimale navigation, MICHELIN website use navigation cookies. Click on the   link for more informations Validate

Sua atividade
recente
!

Bem-vindo à sua caixa de ferramentas de históricos

Salvamos informações importantes a partir de suas buscas anteriores para facilitar sua vida.

???private_mode_title???

???private_mode_text???

Últimos pneus vistos.

Últimos revendedores vistos.

Últimas pesquisas.

Harley-Davidson e Michelin, a história de uma parceria

Duas empresas estabelecidas com histórias ricas e variadas

Harley-Davidson e Michelin

Sucesso rápido em todo o mundo

Tanto a Harley-Davidson como a Michelin começaram como pequenas empresas familiares e experimentaram um crescimento estrondoso. Em 1920, a Harley-Davidson tornou-se a maior fabricante de motocicletas do mundo como resultado de seu sucesso em corridas e da invenção do famoso motor de dois cilindros V-twin.

Por sua vez, a Michelin alcançou o sucesso global com a invenção do pneu radial, uma tecnologia revolucionária patenteada em 1946.

 

O nascimento de uma parceria

Em 2008, mais de um século após serem fundadas, as duas empresas firmaram uma parceria com o objetivo de criar uma gama de pneus desenvolvidos especialmente para as motocicletas Harley-Davidson. Na época, esse tipo de parceria era inédito para a Michelin.

Efetivamente, os pneus seriam desenvolvidos por ambas as empresas. Elas teriam, inclusive, uma marca conjunta, outro feito inédito para o grupo Michelin. A gama Scorcher nasceu e foi vendida pela primeira vez em 2010.

 

Uma rica experiência de aprendizado para a Michelin

Sem presença real no mundo das Cruisers antes de 2010, a Michelin recorreu à vasta experiência da Harley-Davidson como a maior fabricante de motocicletas Cruiser no mundo. A presença da Harley-Davidson é especialmente notável nos Estados Unidos, onde uma em cada duas motocicletas vendidas é da Harley-Davidson.

A Michelin também se beneficiou dos altos padrões da Harley-Davidson. Por trás de sua reputação de rebeldia, as motocicletas da Harley-Davidson são, na verdade, uma combinação de muitas tecnologias precisas com manuais repletos de especificações minuciosas.

A abordagem científica dos engenheiros da Harley-Davidson imediatamente deixou os desenvolvedores da Michelin à vontade. A fabricante francesa tem qualidade de produto e inovação correndo nas veias e adaptou-se rapidamente aos altos padrões técnicos exigidos, o que permitiu aos engenheiros da empresa dar asas ao talento.

 

Michelin a serviço da Harley-Davidson

Por sua vez, a Harley-Davidson beneficiou-se da reputação inovadora da Michelin. A fabricante de pneus foi a primeira a introduzir a tecnologia radial nos modelos mais esportivos da Harley-Davidson, como a famosa V-Rod e seu motor Revolution. Hoje, a motocicleta ostenta um pneu que mantém todas as suas qualidades em velocidades próximas de 240 km/h.

A empresa de Milwaukee também aproveitou ao máximo a capacidade da Michelin de se adaptar para atender às necessidades específicas de certos modelos da Harley-Davidson, especialmente no que diz respeito ao peso. Por exemplo, a Michelin relançou o conceito de pneu bias, que havia deixado de lado quando surgiu o pneu radial.

 

Uma máquina bem-lubrificada

O desenvolvimento de pneus entre a Michelin e a Harley-Davidson durou cerca de vinte meses, do conceito original à venda dos pneus.

Normalmente, colaborações acontecem por meio da troca de informações entre o centro de pesquisa e desenvolvimento da Michelin em Ladoux, ao norte de Clermont-Ferrand, na França, e a fábrica da Harley-Davidson em Kansas City, onde a gama atual de Sportster, Dyna e V-Rod é produzida.

Elas podem parecer diferentes, mas as duas marcas compartilham valores comuns quando se trata de cultura da empresa: produtos impecáveis, respeito pelo consumidor e preservação do legado da empresa. As duas empresas bicentenárias compartilham um verdadeiro senso de orgulho industrial.